Rancheiro é multado em R$ 2 mil pela PMA por derrubar árvores nativas

Rancheiro de 66 anos foi multado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) por derrubar diversas árvores nativa para exploração de madeira, sem autorização ambiental, em sua propriedade localizada na zona rural de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande.

A equipe fazia fiscalização no rio Sucuriú, quando avistou o desmatamento,bem como a queima de resíduos de vegetação no local. O proprietário foi multado e teve a atividade paralisada. Ele responderá por crime ambiental, com pena de seis meses a um ano de prisão.

Mais notícias