Quadrilha amarrou e espancou idoso no Colibri para vender carros como ‘bob’

Bandidos foram presos durante perseguição após caírem em uma cratera

A quadrilha presa na noite desta quinta-feira (7), após uma perseguição policial que terminou com os bandidos caindo em uma cratera Jardim Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Campo Grande, invadiu a casa de um idoso, no bairro Colibri no dia 6 de novembro, e de lá levaram os carros que acabaram destruídos com o acidente.

Os carros que estavam em poder dos bandidos seriam vendidos como veículos Bobs, mas eles acabaram presos na noite desta quinta (7) após uma perseguição policial antes de conseguirem fazer a venda. Foram presos Bruno Eduardo Tangerino Franco de 20 anos, Akison Harley Peixoto da Silva de 28 anos, Diego e Silva Ribeiro de 24 anos e Wesley Matheus Brum Rodrigues de 21 anos.

Segundo o delegado da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) Matheus Zampiere, a quadrilha invadiu a casa do idoso, no dia 6 deste mês, espancando e amarrando a vítima. Eles levaram da casa, que fica no Jardim Colibri, uma televisão e um videogame, além dos dois carros da família, sendo que em um dos veículos estavam mercadorias da filha do idoso, que tem uma banca de produtos.

Após o assalto, os policiais conseguiram identificar e encontrar Bruno na sua casa no bairro Rouxinóis. Na residência estava junto de Bruno Akison. Eles confessaram o crime e indicaram onde estavam os veículos roubados. Quando chegaram a outra residência foram encontrados Diego e Wesley que estavam saindo com os carros.

Foi dada ordem de parada, mas eles fugiram em alta velocidade acabando caindo em uma cratera no bairro Jardim Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Segundo Zampiere, os bandidos iriam vender os carros roubados como Bob. Todo material roubado da casa idoso foi recuperado. Ainda de acordo com o delegado, a apresentação dos criminosos serve para que possíveis vítimas possam reconhecê-los.

Mais notícias