Preso após briga por venda de balas, suspeito afirma que só não matou porque PM impediu

Crime foi motivado porque vítima teria 'roubado' clientes do suspeito

Um homem de 50 anos foi preso acusado de tentar matar um rapaz, com golpes de faca, nesta quinta-feira (6) na cidade de Três Lagoas – a 326 km de Campo Grande. O crime foi motivado porque vítima teria ‘roubado’ clientes do suspeito, que vendia balas.

A Polícia Militar foi acionada e constatou que o suspeito jogou uma faca de aproximadamente 11 cm de lâmina ao chão. Durante o atendimento o autor, mesmo na presença dos policiais, continuou ameaçando a vítima de morte.

Segundo os relatos de testemunhas, a confusão começou quando o suspeito tentou vender suas balas para os clientes da vítima, que solicitou que o autor se retirasse do local, pois, estava atrapalhando suas vendas. Em seguida, as balas do autor caíram ao chão e a vítima pisoteou-as, foi quando eles entraram em luta corporal, e o autor de posse de uma faca, desferiu na vítima.

O suspeito ainda informou que só não matou a vítima porque a PM chegou ao local. Ele foi levado para a 1° Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil na forma tentada.

Mais notícias