Por mixaria, arrastador se arrisca com carro luxuoso na fronteira

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu nesta quarta-feira (15), em Anastácio, um homem de 36 que tentava chegar à fronteira com um Jeep Compass alugado em São Paulo (SP) que seria comercializado no mercado paralelo.

O detalhe é que o veículo está avaliado em mais de R$ 100 mil e o arrastador receberia pelo transporte apenas R$ 300. Segundo nota, durante fiscalizações policiais abordaram o Jeep com placas de Belo Horizonte (MG). Após consulta, os policiais descobriram que o veículo foi locado em São Paulo.

Ao entrar em contato com a locadora para verificação, foi informado que havia um registro de crime de estelionato, tendo como acusado o próprio motorista. O arrastador declarou que pegou o veículo em São Paulo e levaria até a fronteira com a Bolívia, onde receberia R$ 300. Ele disse que estava realizando o serviço por estar com dívidas de drogas.

Mais notícias