Policial ambiental morre no hospital após ser baleado por colega de farda em lanchonete

Tragédia aconteceu em um briga entre um PMA e PM

O policial militar ambiental Jurandir Miranda morreu após ser alvejado a tiros por um policial militar na noite desta quinta-feira (24), em uma lanchonete no Bairro Santa Terezinha em Aquidauana, cidade a 140 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com as primeiras informações, a lanchonete é de propriedade do PM que estava de folga, trabalhando no comércio. De acordo com testemunhas, Jurandir passou em frente a lanchonete, momento em que o policial militar teria achado que o PMA fez menção de mostrar a arma.

Como os dois tinham uma desavença pessoal, o PM então atirou várias vezes contra o PMA, publicou o site JNE. Caído ao solo, populares contam que o PM pegou no pescoço de Jurandir e falou: “Depois de tudo o que aconteceu você ainda vem aqui me desaforar?”.

O policial militar então fugiu do local com marca de sangue na mão. Não se sabe se ele chegou a ser atingido ou se o sangue era da vítima. Também não há informações ainda se Jurandir, que estava armado, chegou a efetuar algum tiro, se pegou a arma na mão ou fez menção de estar armado. A Polícia Militar e Civil atuam neste momento no caso. (Atualizado para acréscimo de informações às 23h19 de 24/10/2019)

Mais notícias