Polícia resgata homem do tribunal do crime do PCC no Tijuca

Homem estava sendo julgado por dívida com a facção criminosa

Na noite desta terça-feira (2), um homem de 28 anos foi resgatado de um tribunal do crime do PCC (Primeiro Comando da Capital), no bairro Jardim Tijuca, em Campo Grande. A vítima foi levada pelo ‘Charada do PCC’, dentro de um carro de motorista de aplicativo.

Bruno Pacheco teria sido sequestrado por volta das 17 horas, quando chegou na sua casa Jackson Patrick da Costa de 26 anos, conhecido como ‘Charada do PCC’ com um motorista de aplicativo afirmando que Bruno seria levado até uma casa para receber o veredicto do julgamento do tribunal do crime.

A polícia chegou até a casa depois de uma denúncia anônima de que no local estava acontecendo um tribunal do crime. Quando os militares entraram na residência e fizeram uma varredura encontraram Bruno, que confirmou estar passando por julgamento. Ele disse fazer parte do PCC, e seria julgado por dívidas que tem com a facção criminosa.

Ainda foram encontrados na casa dentro de uma geladeira sete trouxinhas de cocaína, uma balança de precisão, munições, um celular e uma cardeneta com anotações da venda das drogas. Os dois foram levados para a delegacia.

Mais notícias