Polícia quer prisão preventiva para suspeito de matar por beijo atrás de caminhão

Autor está foragido

Foi pedida a prisão preventiva do acusado de matar a facadas Valdivino Matias, de 55 anos, no dia 15 de junho, no bairro São Conrado, em Campo Grande. A vítima estava beijando uma mulher atrás de uma carreta quando foi surpreendida pelo ex-marido da acompanhante que lhe deu uma facada no peito.

Segundo o delegado Edmilson Holler da 6º Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande, foi feito o pedido de prisão para o acusado que está foragido. Agora a polícia tenta encontrá-lo.

Valdivino estava bebendo em um bar com outro homem, com quem supostamente tinha uma relação amorosa, quando sumiu o local. O homem foi procurar Valdivino e encontrou ele beijando uma mulher atrás de uma carreta, na esquina da rua do bar.

Enciumado, o companheiro voltou para o bar e contou para o ex-marido da mulher que ela estava “se pegando” com outra pessoa atrás do veículo. O ex-marido foi até o casal, deu uma facada no peito de Valdivino e fugiu. O socorro foi acionado, mas a vítima morreu na hora

 

 

 

 

 

 

 

Mais notícias