Polícia quer prisão para mulher que não denunciou o namorado por estuprar neta

Crime foi descoberto após escola notar comportamento estranho da menina

A polícia de Paranaíba, a 407 quilômetros de Campo Grande, pediu pela prisão da avó de uma criança de 7 anos, que era estuprada pelo namorado da mulher, que sabia do crime e não denunciou om homem de 44 anos na delegacia.

A Justiça deferiu o pedido de prisão da avó da menina, que também foi indiciada pelo crime de estupro de vulnerável, depois de se omitir dos abusos que namorado praticava contra a neta. O crime foi denunciado pela escola que notou a mudança drástica de comportamento da vítima.

Segundo informações passadas pela Dam (Delegacia de Atendimento à Mulher) da cidade, a criança contou para a avó que estava sendo estuprada pelo homem, mas a mulher não procurou o Conselho Tutelar continuando com o relacionamento com o suspeito, que reiteradamente cometia os abusos.

O suspeito ficou preso temporariamente por 30 dias e depois da conclusão do inquérito policial, a delegada pediu pela prisão da avó da menina.

Mais notícias