Polícia intensifica buscas por assaltantes de carro-forte

O assalto aconteceu na MS 156, entre as cidades de Caarapó e Amambai

Policiais militares de várias cidades da região e também de Dourados , em um forte esquema de segurança montado,  continuam em ação na fronteira com o objetivo de prender o bando que assaltou na manhã desta segunda-feira (2) um carro de transporte de valores da empresa Brink’s. Os bandidos agiram em um trecho da rodovia MS 156 entre as cidades de Caarapó e Amambai.

Embora não existam confirmações oficiais, pelo menos três carros, com o envolvimento de até 10 homens teriam participado do assalto ao carro forte. Até o presente momento não informações a respeito do montante de dinheiro levado pelo bando.

Em nota divulgada à imprensa, a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), informou que já encaminhou para participar das buscas pelos responsáveis do roubo,  equipes do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), das forças táticas que compõem os batalhões da Polícia Militar da região e do Grupamento de Policiamento Aéreo (GPA).

Por motivos de segurança, segundo o tenente Coronel Carlos Silva,  comandante da Polícia Militar em Dourados,  não foi divulgado o número de policiais envolvidos na operação. Há informações de que eles podem ter ultrapassado a fronteira e por isso , homens da Polícia Nacional do Paraguai colaboram na operação de captura dos assaltantes.

Nenhum dos seguranças que estavam no carro forte foi ferido e deverão ser ouvidos ainda hoje pela polícia. Segundo relatos de parentes, eles conseguiram correr é se refugiaram em uma fazenda.

Semelhança

O assalto realizado hoje em um trecho da rodovia MS 156 entre as cidades de Caarapó e Amambai, tem semelhanças com o que aconteceu no dia 06 de junho de 2017. Entretanto, na ocasião, os assaltantes chegaram a fazer pessoas que passavam na rodovia MS-156 como reféns. Além disso, segundo relatos eles também estavam armados de fuzis.