Polícia destrói dois hectares de maconha e dá prejuízo de R$ 725 mil a traficantes

A Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai destruiu na terça-feira (13) mais um grande centro de produção de maconha na zona rural de Pedro Juan Caballero, na fronteira com o município sul-mato-grossense Ponta Porã, distante 346 quilômetros de Campo Grande.

Segundo nota, as ações se concentraram na colônia Virgem Caacupé, onde foi localizado um acampamento com aproximadamente 100 quilos da droga pronta.  A equipe procedeu com a destruição de dois hectares de plantação, cujo potencial de colheita seria de cerca de seis toneladas da erva.

A equipe também apreendeu uma motocicleta, mas ninguém foi preso. A estimativa é de que o prejuízo causado aos traficantes seja de R$ 725 mil. O Paraguai tem intensificado as ações de destruição de plantações na fronteira, a fim de expulsar facções brasileiras que agem na região.

Mais notícias