Polícia destrói complexo de acampamentos para produção de maconha na fronteira

Prejuízo causado ao crime organizado é de aproximadamente R$ 1 milhão

A Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai destruiu nesta sexta-feira acampamento do tráfico de drogas operado pelo crime organizado na zona rural de Capitán Bado, município localizado na fronteira com Coronel Sapucaia, a 380 quilômetros de Campo Grande. 

A ação foi deflagrada no distrito de Cristino Potrero. Na região havia complexo com três acampamentos de produção e processamento de maconha, onde foi encontrado grande volume da erva. Ao todo, havia 499 quilos da droga prensada e mais 1.825 dela picada.

Também foram apreendidas ferramentas como prensas de ferro e guilhotinas. Os policiais destruíram plantação com um hectare de maconha, suficiente para a produção de até três toneladas. A expectativa é de que o prejuízo total seja de quase R$ 1 milhão.

Mais notícias