Polícia apreende escopeta e réplicas de fuzis em propriedades do PCC

Ação foi realizada nesta quarta-feira, no Paraguai

A polícia do Paraguai realizou nesta quarta-feira a apreensão de duas réplicas de fuzis, uma escopeta e acessórios de armas de fogo em propriedades rurais e integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital), facção brasileira que opera o tráfico de armas e drogas na fronteira com o Brasil.

A ação ocorreu na colônia Potretor Sur, no distrito de Zanja Pitã, em Pedro Juan Caballero, na linha internacional com o município sul-mato-grossense de Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande. Um dos alvos foi o paraguaio Levi Adriani Felício, de 52 anos, dono de uma luxuosa propriedade voltada para a atividade agropecuária.

Outro alvo foi um imóvel onde estaria o brasileiro Claudinei Pedrebon, mais conhecido como função, uma das lideranças do PCC na região. A ação foi continuidade da operação que terminou com a prisão de 13 brasileiros do PCC com maconha na cidade de Capitan Bado, na fronteira com Coronel Sapucaia, em maio do ano passado.

Mais notícias