PMA autua em R$ 17 mil por desmatamento ilegal de área protegida

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um homem de 28 anos em R$ 17 mil por desmatamento ilegal em Miranda, cidade a 208 quilômetros de Campo Grande.

A fazenda fica localizada à margem da rodovia BR 262, no município a 70 km da cidade.  A área medida com uso de GPS perfez 3,71 hectares destruídos, dentro de área protegida pertencente ao bioma Mata Atlântica. O desmatamento foi vistoriado durante fiscalização ambiental nas propriedades rurais do município, visando à prevenção e repressão ao desmatamento ilegal.

O infrator (28), residente na fazenda, suprimiu a vegetação há algum tempo para plantio de pastagem e a madeira proveniente da vegetação desmatada não estava mais no local, havendo somente restos de árvores em meio à pastagem. Ele foi autuado e recebeu multa administrativa de R$ 17.325,00.

O autuado também responderá por crime ambiental, que prevê pena de um a três anos de detenção. Além disso, ele foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

Mais notícias