PMA autua assentado em R$ 3 mil por exploração de madeira em área protegida

Em uma operação nas propriedades rurais do município, no Distrito de Itahum, policiais militares ambientais de Dourados autuaram ontem (17), um assentado por exploração ilegal de madeiras, às margens de um córrego (área de preservação permanente), que corta o assentamento rural Lagoa Grande.

A polícia informou que verificou resquícios de árvores derrubadas na área protegida à margem do córrego e encontrou uma tora de ipê armazenada na propriedade do infrator. Ainda foram encontradas pranchas e outras madeiras serradas advindas de árvores derrubadas das matas ciliares do córrego. 5,2 m³ de madeira foram apreendidas.

O infrator (46), residente no assentamento, foi autuado administrativamente e multado em R$ 3 mil. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena um a três anos de detenção.

Mais notícias