Pistoleiros do PCC são presos em operação policial na fronteira

Dois suspeitos estavam armados com munições e pistola

A Direção de Investigações Criminais de Casos Puníveis da polícia do Paraguai prendeu neste sábado, em Pedro Juan Caballero, na fronteira com o município sul-mato-grossense de Ponta Porã, dois brasileiros ligados ao PCC (Primeiro Comando da Capital).

Cícero Fernando de Lima Almeida e Claudinei Predebon são supostos pistoleiros da facção criminosa e estavam armados. A prisão ocorreu por volta das 19h30, durante operação. A dupla tinha mandado de prisão em aberto por tráfico de cocaína e de armas.

Eles estavam a bordo de um veículo Hyundai Veracruz, transportando uma pistola calibre nove milímetros cada, com munições e cartuchos. A prisão foi encaminhada ao Ministério Público do Paraguai. Eles já haviam sido presos em junho de 2017, em outra ação contra o PCC.

Mais notícias