Piloto sequestrado é encontrado e diz que foi obrigado a voar ao Paraguai e Bolívia

O piloto Edmur Guimara Bernardes, 77, supostamente sequestrado na manhã de terça-feira (18) em Paranaíba, a 407 quilômetros da Capital, foi localizado nesta quarta-feira (19) na cidade de Cáceres no Mato Grosso. Pessoas próximas ao piloto disseram que ele já entrou em contato dizendo que está bem.

Edmur contou que uma facção criminosa o obrigou a voar com a aeronave ao Paraguai e Bolívia, mas não confirmou ainda se transportou algo e como escapou.

O piloto foi encontrado junto com a aeronave Cessna 182 skylane, prefixo PR-NAL, no aeroporto municipal da cidade, de acordo com o site DestakAgora. O caso está sendo registrado na delegacia da cidade.

Roubo e sequestro

Bandidos invadiram o hangar para roubar um avião da marca Cessna 182 skylane, prefixo PR-NAL. O avião pertence a um empresário do ramo de automóveis em Paranaíba. Os bandidos renderam o segurança e o prenderam dentro de um quarto. Em seguida, mandaram que o piloto Edmur entrasse no avião, que tem capacidade para quatro passageiros, para pilotar a aeronave.

Edmur já teve envolvimento em casos de tráfico de drogas e contrabando. Em um dos casos mais antigos, foi detido pela Polícia Federal em setembro de 2000. A prisão aconteceu após a PF apreender 138 quilos de cocaína em um hangar, em Paranaíba. A droga pertencia a um pecuarista e seria transferida de um avião para o fundo falso de um caminhão. Na época, os suspeitos tentaram dizer que transportavam hormônios bovinos. Edmur era um dos responsáveis pelo descarregamento da droga em Paranaíba.

Mais notícias