Ossada encontrada na fronteira pode ser de brasileiro desaparecido

Divisão de Homicídios do Paraguai foi acionada por volta das 09h30

Moradores de Zanja Pytã, município paraguaio localizado na fronteira com o distrito de Sanga Puitã, em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, encontraram na manhã desta terça-feira (01) ossada que pode ser de um brasileiro identificado como Santiago Ribeiros Cabañas, de 60 anos, que morava em acampamento próximo e desapareceu.

De acordo com o site Porã News, populares acionaram a Divisão de Homicídios da polícia paraguaia por volta das 09h30. Os ossos foram recolhidos e encaminhados para análise em Pedro Juan Caballero, para tentativa de descoberta das causas da morte bem como da identificação da vítima. O objetivo é confirmar se era Santiago ou outro morador na região.

As autoridades locais não forneceram mais detalhes sobre o caso com o objetivo não comprometer as investigações, tendo em vista que há grande número de denúncias de desaparecimentos na fronteira, boa parte delas ligada a raptos, sequestros e execuções do crime organizado. Muitas das vítimas jamais foram encontradas, motivo da cautela.

Mais notícias