Mulher fica em estado grave após ser agredida com marteladas na cabeça

Marido foi preso em flagrante e achou que tinha matado a vítima

Na noite desta terça-feira (11), homem de 55 anos foi preso em flagrante após tentar matar a esposa, de 36 anos, com golpes de martelo na cabeça. A vítima ficou em estado gravíssimo e o homem só parou com as agressões após achar que tinha matado a mulher. O caso aconteceu em Batayporã, a 306 quilômetros de Campo Grande.

O vizinho do autor foi quem chamou a Polícia Militar após o homem ir até a casa dele confessar o crime. O autor disse que teve uma discussão com a mulher e deu marteladas na cabeça dela até ela cair e ainda disse que tinha matado a vítima. A testemunha não teve coragem de ir sozinha ver como estava a mulher, então chamou a polícia.

Os militares foram até a residência, onde havia marcas de sangue por todos os lados. Eles ouviram gemidos de dores e encontraram a vítima gravemente ferida. Foi acionado o socorro, que levou a mulher até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento). Foram feitas buscas nas proximidades do local e o autor foi preso em flagrante.

O caso foi registrado na delegacia do município como feminicídio, violência doméstica e familiar, na forma tentada.

Mais notícias