MP denuncia suspeito de matar menino de 11 anos por vingança

Homem responde por homicídio qualificado por motivo fútil e recurso que dificultou defesa

O MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) ofereceu denúncia contra Ivan Alyffer Albuquerque Rocha, de 23 anos, pelo assassinato do menino Luiz Otávio Santana de Lima, de 11 anos, ocorrido no dia 8 de junho, em uma fazenda localizada na zona rural do município de Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande.

A promotora de justiça Clarissa Carlotto Torres denunciou Ivan por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe, já que teria agido para se vingar da mãe do garoto, e também por recurso que dificultou a defesa da vítima.

Na data dos fatos, Ivan convidou a vítima e familiares para passarem o dia em uma fazenda. No local, ele saiu para caçar jacaré em uma área de mata na companhia de Luiz e do irmão dele.Quando retornavam para sede da fazenda, o irmão ia à frente, enquanto Ivan, segurando a mão de Luiz, caminhava mais atrás.

Em dado momento, o suspeito ordenou que Luiz ajoelhasse e rezasse a oração do “Pai Nosso”. Em seguida, continuaram a caminhar e Luiz tentou ir mais rápido, para alcançar o irmão, ocasião em que foi baleado na barriga. Ao perceber o disparo, o irmão correu e pediu ajuda. O assassino alegou que não teve intenção de matar.

O Ministério Público acredita que Ivan cometeu o crime para se vingar da mãe da vítima, por suspeitar que ela foi responsável pela sua prisão por violência doméstica em 2018 (motivo torpe). Além disso, entende que “o denunciando, se utilizando de subterfúgios, atraiu a vítima, para um local ermo, de mata,distante da vista do público, e segurando-a pela mão disparou contra seu abdômen, sem lhe proporcionar qualquer chance de defesa”.

Mais notícias