Mototaxista agride adolescente com capacete, a leva para chácara e a estupra

Polícia investiga suspeito de ter cometido outro estupro em 2018

Mototaxista de 38 anos foi detido na terça-feira (26) pela Polícia Militar de Costa Rica, a 384 quilômetros de Campo Grande, suspeito de agredir e desmaiar uma adolescente de 16 anos, para estuprá-la em uma chácara localizada na saída para Chapadão do Sul. O homem é suspeito de ter estuprado outra adolescente, de 14 anos, em 2018.

De acordo com a PM, após denúncia, os policiais conversaram com a vítima que relatou ter sido abordada várias vezes pelo suspeito, que sempre fazia propostas de encontros sexuais com ela, mas ela sempre recusava. No último dia 18, ao sair de uma farmácia, ela teria sido agredida na cabeça e perdido a consciência.

Quando se recuperou, estava sendo transportada na moto do suspeito para a chácara. Lá, ela foi agredida com socos e chutes e violentada. 

Com vergonha, ela disse para os pais que as lesões que apresentava eram de um atropelamento. No entanto, ela não conseguiu esconder os abusos por muito tempo e acabou revelando o estupro. Diante dos fatos, os policiais foram ao encontro do suspeito, que negou o crime e afirmou que era amigo da vítima. 

Diante dos fatos, ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil e a autoridade policial irá representar pela prisão preventiva dele. Também será investigado pela denúncia do caso de estupro do ano passado.

Mototaxista agride adolescente com capacete, a leva para chácara e a estupra
Mais notícias