Publicidade

Motorista bêbado que atropelou e matou jovem é condenado a 3 anos

Motociclista estava parada na faixa de pedestres

Foi condenado nesta quinta-feira (14) pelo Tribunal do Júri de Campo Grande, Fabiano Tamanha acusado de matar atropelada a motociclista de 25 anos, Tatiane Malaquias da Silva, em abril de 2016.

Fabiano foi condenado a 3 anos de reclusão e a suspensão de sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Na condenação, ele deve cumprir inicialmente a sua pena em regime aberto. Tatiane morreu depois de ser arremessada quando o veículo de Fabiano, uma camionete L-200 acertou a vítima.

O acidente que acabou na morte da jovem aconteceu no dia 16 de abril de 2016, na Avenida Gury Marques, em Campo Grande, durante a parada de veículos em uma faixa de pedestres onde Tatiane parou com uma moto Honda Biz na frente da universidade Anhanguera e envolveu mais dois veículos.

Todos aguardavam os pedestres, momento em que a camionete L200 Triton branca, atingiu a Biz em que estava Tatiane, em seguida a traseira do Gol. Depois, Fabiano desviou à direita e atingiu outra Biz azul. Com o impacto, Tatiane foi arremessada e, por conta da gravidade dos ferimentos, morreu no local.

O motorista da camionete estaria chegando de viagem de Dourados e a camionete pertence a uma empresa de reflorestamento.

No dia do ocorrido, o motorista negou-se a fazer o teste de bafômetro e o exame que ele fez no Imol (Instituto Médico Odontológico Legal) posteriormente ao acidente, deu negativo.

 

 

 

Mais notícias