Sem encontrar ferimentos, médica quer autópsia em motociclista que morreu em acidente

O rapaz não tinha nenhum ferimento aparente

Na manhã de domingo (15), Ederson Xavier de Souza de 28 anos morreu supostamente vítima de acidente de trânsito em Sidrolândia, cidade que fica a 70 quilômetros de Campo Grande. O caso é investigado pela polícia já que a médica que atendeu a vítima no hospital não identificou ferimentos aparentes.

Conforme o boletim de ocorrência registrado na delegacia do município, Polícia Militar foi chamada para ir ao local do acidente e encontrou apenas a motocicleta da vítima já em pé, com um capacete em cima do banco e outro capacete no chão, perto de um poste. Foi constatado que o Corpo de Bombeiros já tinha socorrido a vítima.

Não foi possível identificar como ocorreu o acidente, já que não havia testemunhas. No hospital, a médica relatou que apenas Ederson tinha dado entrada e que ele não tinha nenhum ferimento pelo corpo, então foi solicitada a autópsia para identificar a causa da morte.

O caso é investigado pela Polícia Civil, tratado como morte a esclarecer. Não há informação se havia outro veículo envolvido no acidente ou se o rapaz foi vítima de um mal súbito.

Mais notícias