Motociclista fica gravemente ferida após ser atropelada por idoso bêbado

Vítima foi transferida com possível suspeita de amputação

Motociclista de 39 anos ficou gravemente ferida após ser atropelada por um motorista de 66 anos que estava embriagado no Centro de Anastácio, cidade distante a 141 quilômetros de Campo Grande. Devido à gravidade dos ferimentos, a vítima foi transferida para a Santa Casa de Campo Grande. O autor xingou os policiais e os acusou de roubar seus pertences.

Conforme informações do boletim de ocorrência, testemunhas contaram que na noite de sábado (12), o autor conduzia um VW/Gol pela Avenida Manoel Murtinho sentido centro/ bairro quando chegou em um posto de gasolina, entrou no pátio e ao realizar a conversão à esquerda para entrar novamente na via, colidiu na motocicleta Honda Bros conduzida pela vítima que seguia no mesmo sentido do autor.

A vítima foi derrubada e teve lesões graves em um dos pés, além de diversas escoriações pelo corpo. Ela foi levada ao pronto-socorro de Aquidauana e depois transferida em vaga zero para a Santa Casa de Campo Grande, devido a uma possível suspeita de amputação de um dos pés, conforme boletim de ocorrência.

Conforme informações da assessoria de imprensa da Santa Casa neste domingo (13), a paciente está na área verde do pronto-socorro consciente e orientada. A fratura é bem grave mais ainda não tem definida a conduta cirúrgica. A vítima vai passar pelo procedimento da ortopedia, onde vai tentar resolver sem a necessidade de amputar, caso não seja possível, amputarão.

O autor foi contido por populares até a chegada da Polícia Militar ao local, o mesmo se mostrava bastante agressivo e alterado, além de estar exalando forte odor etílico. Ao ser questionado se havia bebido o mesmo respondeu: “Eu bebo mesmo”, seguido de palavras de baixo calão.

Ele foi convidado a fazer o teste de bafômetro, porém negou, sendo realizado um Termo de Alteração da Capacidade Psicomotora. Foi dada voz de prisão ao autor que ficou agressivo e começou a xingar os policiais.

Tanto no local dos fatos quanto na Delegacia de Polícia, o autor que foi preso em flagrante, disse que os policiais militares iriam furtar seu dinheiro e pertences. Os militares constataram ainda que a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) usada pelo autor era falsa. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Anastácio.

Mais notícias