Mergulhador é preso pescando com arpão próximo da barragem de hidrelétrica

Ele ainda foi multado em R$ 1,4 mil

Mergulhador foi preso pela PMA (Polícia Militar Ambiental) nesta terça-feira (03), pescando com arpão em local proibido, próximo à barragem da usina hidrelétrica Jupiá, em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. Ele ainda foi multado em R$ 1,4 mil.

Segundo nota, os policiais receberam diversas denúncias relatando a presença de pescadores a menos de 1.500 metros de distância das barragens das usinas Jupiá e Engenheiro Sérgio Motta, locais proibidos conforme legislação ambiental.

Juntamente com o Ibama  (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), a PMA realizou a Operação Arpão e localizou o suspeito a menos de 80 metros da Jupiá. Além de não poder pescar no local, vigora o período de defeso.

Ele estava vestido com roupa de mergulho, armado com arpão e com um bote com motor de popa. A pesca chegou a ser flagrada por imagens de câmeras de segurança. Ao se deparar com a polícia, ele tentou fugir, se desfazendo dos peixes capturados.

No entanto, foi detido, teve o barco e petrechos apreendidos e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Federal. Ele vai responder por crime ambiental de pesca predatória, cuja pena é de um a três anos de detenção. Ele também foi multado administrativamente pela PMA.

Mais notícias