‘Me defendi’, diz suspeito de matar homem com facada em frente a conveniência

Polícia trabalha com duas linhas de investigação

Antônio Carlos Rabelo Menezes, 33 anos, foi preso suspeito de matar Fábio Bernardes Santos, 38 anos, com uma facada. O crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (9) e Fábio foi encontrado esfaqueado em frente a uma conveniência na Vila Gomes, em Campo Grande. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro como homicídio, mas a polícia trabalha com a possibilidade de um latrocínio.

O suspeito foi localizado por volta das 9h desta quarta por policiais da Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos) na rua São Borja, mesma rua onde aconteceu o crime. Conforme a polícia, Antônio mora na região e teria esperado a ‘poeira baixar’ para retornar ao local.

Antônio foi apresentado na Derf (Foto: Leonardo de França)

O delegado da Derf, Fabio Brandalise informou existem duas linhas de investigação. Uma delas é de que a vítima e autor brigaram por conta de uma rixa antiga, quando então Antônio desferiu a facada. A outra linha de investigação é de que a vítima reagiu a uma tentativa de assalto, quando Antônio tentou levar sua bicicleta.

Antônio confessou o crime e mostrou aos policiais onde tinha escondido a faca, enterrada em um terreno nas imediações da avenida Rachid Neder. Na versão do suspeito, houve uma briga entre os dois, quando ele sacou a faca e desferiu contra Fábio. “Ele bateu na minha cara, era maior do que eu e então me defendi, to arrependido, não queria ter feito isso”, disse.

Mais notícias