Mantida prisão de dupla que sequestrou e manteve homem refém a mando de presidiário

passaram por audiência de custódia nesta sexta-feira

Foi convertida em preventiva a prisão de Everton Vinicius Martins de Souza, 22 anos e Elison França Feitosa, 20 anos. Eles passaram por audiência de custódia na manhã desta sexta-feira (17), após serem presos pela Polícia Militar por sequestrar e manter em cárcere por dois dias um homem de 44 anos.

A dupla participou de um golpe de compra de gado, a vítima foi abordada em uma estrada lateral ao Aeroporto Internacional de Campo Grande, quando ia ver o suposto rebanho de 250 cabeças para comprar no valor de R$ 400 mil reais.

Nesse momento ele foi rendido e amordaçado pela dupla e levado para o cativeiro e os autores do sequestro se comunicavam por telefone com uma pessoa que chamavam de ‘Professor’, e que estava presa.

A vítima foi resgatada por volta da 1 hora da madrugada dessa quinta (16), quando Everton foi flagrado pulando o muro de uma casa, no bairro Parque do Lageado, em Campo Grande. Quando os policiais entraram no terreno e bateram na porta, o autor abriu e logo os militares viram a vítima deitada em um sofá com as mãos amarradas e uma venda nos olhos.

Everton, que foi preso pela polícia e estava foragido da Justiça de São Paulo, disse que os integrantes da quadrilha se revezavam para tomar conta da vítima. Ele levou os policiais até outra casa, que seria de uma ex-funcionária do primo da vítima que tinha conhecimentos das transações comerciais de compra e venda de gados pela família e estaria participando do crime dando todas as informações a quadrilha.

A camionete da vítima, uma Hilux foi encontrada nos fundos da casa. Munições e armas foram apreendidas pela polícia e um dos integrantes da quadrilha conseguiu fugir. A mulher também não foi encontrada pela polícia.

Mais notícias