Publicidade

Mãe que abandonou bebê que tomou cachaça disse que só tinha ido buscar açúcar no vizinho

Pode perder a guarda dos filhos

A mãe que abandonou um bebê de 1 ano e a filha de 11 anos, no Jardim Macaúbas, em Campo Grande, na noite do último domingo (6) deve prestar depoimento ainda nesta terça-feira (8), na Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

A delegada Anne Carine disse ao Jornal Midiamax que sete pessoas, a princípio, serão ouvidas e que na casa haviam também dois adolescentes, que a mulher tinha conhecimento que faziam uso de entorpecentes, quando deixou os filhos sozinhos na companhia dos garotos.

Ainda segundo a delegada, a mulher teria dito aos policiais que atenderam o caso, que ela havia saído a poucos minutos para buscar açúcar em um outro vizinho. Ela foi encontrada embriagada pelos militares.

De acordo com Anne Carine, a mulher pode perder a guarda das duas crianças, pelos crimes de maus-tratos e abandono de incapaz. “A menina de 11 anos também será ouvida para nós sabermos quem teria dado cigarro para ela fumar, e quem teria dado cachaça para o bebê”.

O bebê de 1 ano e sua irmã de 11 anos foram levados para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Universitário, depois da garota fumar maconha e o bebê tomar bebidas alcoólicas e inalar fumaça da droga usada pela irmã, na noite de domingo (6).

O bebê de 1 ano foi encontrado desacordado pelos bombeiros, sendo ele e a menina na companhia da mãe levados para a unidade de saúde. O bebê foi medicado junto de sua irmã e atendidos pela assistência social do posto de saúde.

 

 

Mais notícias