Mãe e menina de 5 anos queimadas em incêndio passam por exames na Santa Casa

Residência ficou completamente destruída pelo fogo

A mulher de 22 anos e sua filha de 5 anos, que sofreram queimaduras após a casa em que moravam pegar fogo, na manhã desta quarta-feira (14), no bairro Santo Antônio, em Campo Grande passam por exames na Santa Casa da Capital.

As duas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e levadas ao hospital. Segundo a assessoria da Santa Casa, a criança está na área verde do pronto-socorro infantil onde passa por exames e avaliação para cirurgia plástica. A menina teve o braço esquerdo queimado, o cabelo chamuscado e inalou fumaça.

A mãe da criança teve 15% do corpo queimado, braços e pés, além de ter o cabelo chamuscado e também teria inalado fumaça. Ela está na área verde do hospital e também passa por exames.

A mãe da menina, de 22 anos, estava dormindo quando as chamas começaram e teria sido a criança que chamou pela jovem avisando do fogo. Um motorista que passava pela rua ajudou no resgate de mãe e filha, até a chegada dos bombeiros.

Rodi Brito, de 37 anos, contou que estava passando pela rua quando percebeu fumaça saindo da residência e gritos de socorro que vinham do quintal. Ele, então, parou o carro e ao descer uma jovem saiu com um bebê no colo. A jovem morava em uma casa que fica aos fundos da residência incendiada.

Os gritos continuaram e a menina de 5 anos e a mãe tentavam sair de dentro da casa em chamas, quando ele as puxou para fora do portão. A criança teve o esquerdo queimado, o cabelo chamuscado e ainda inalou fumaça. A mãe da criança teve 15% do corpo queimado sendo atingido braços, pés, cabelos e rosto chamuscados e também teria inalado fumaça.

Foi necessário o uso de 4 mil litros de água para combater as chamas, que também atingiram uma árvore.

Mais notícias