Mãe denuncia mulher suspeita de manter jovem de 19 anos em cárcere privado

Ela também será investigada por maus tratos

Uma moradora em Campo Grande, de 72 anos, procurou a Polícia Civil na manhã desta terça-feira (5) para denunciar a própria filha, de 43 anos, por maus tratos, sequestro e cárcere privado. A mulher é suspeita de manter o filho, de 19 anos, trancado em casa e ainda estaria praticando agressões verbais e até físicas contra ele.

A idosa afirma que a filha e o neto moravam com ela até meados de 2014, quando elas tiveram um desentendimento e a filha foi morar em um apartamento com o menino. Ela contou à polícia que a filha era descuidada com o neto e que não fazia questão que ele fosse para a escola.

Segundo a denúncia, o jovem é impedido de sair do apartamento pela mãe e ela sempre briga com ele. Vizinhos teriam testemunhado e ouvido os maus tratos praticados pela mulher e a avó ainda contou que há aproximadamente dois ou três meses viu o neto, que estava em extrema magreza e com sinais de que é maltratado.

A avó ainda pontuou na denúncia que a filha impede que o neto saia de casa e que tenha contato com qualquer outro familiar. Ela inclusive afirmou que o administrador do condomínio em que o neto vive raramente vê ele sair. Ela ainda acredita que a filha tenha algum distúrbio psicológico e pede as medidas necessárias à polícia.

Mais notícias