Mãe denuncia agressão de professora de Emei contra menina de dois anos

Uma mulher de 30 anos procurou a delegacia para denunciar uma agressão que sua filha de dois anos teria sofrido em uma Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) localizada na região oeste de Campo Grande, na última sexta-feira (01).

Consta no boletim de ocorrência, que uma professora teria puxado a menina de dois anos pelo cabelo durante um banho de mangueira. A mãe conta que estava trabalhando e, sua vizinha junto com sua enteada de sete anos, irmã da criança de dois, foi quem viu o fato, quando chegavam na EMEI para buscar a menina.

A mãe entrou em contato com a diretora que informou que não sabia sobre o ocorrido. Já a professora, conta no boletim de ocorrência, negou que puxou a menina pelo cabelo.

“Eu trabalho e deixo minha bebê de dois anos na Emei. Pago minha vó para buscar e as vezes minha vizinha, na sexta minha vó foi ao banco e pediu para minha vizinha ir buscar com a irmã dela de 7 anos. Foram mais cedo ficaram na esquina esperando dar a hora. Como é aberto ela viu quando a funcionária dava banho de mangueira e arrastou minha bebê pelo cabelo. Cheguei à noite e minha enteada disse, tia tenho uma notícia triste, vi a tia da creche judiando da …… puxando-a pelo cabelo. Fui lá registrei ata, mesmo assim fiz um boletim de ocorrência”. A Semed (Secretaria Municipal de Educação) foi informada e irá averiguar os fatos. O boletim de ocorrência foi registrado como vias de fato na DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Mais notícias