Ladrões que levaram comerciante em roubo de Hilux pediram dinheiro para abastecer

Vítima teria sido amarrada e abandonada em bairro da Capital

O comerciante que foi sequestrado na noite desta segunda-feira (24), no bairro Coophatrabalho, em Campo Grande, contou ao Jornal Midiamax, que passou momentos de terror e susto ao ser levado pelos bandidos junto da sua camionete Hilux.

 

Ele disse acreditar que a casa já estava sendo vigiada pelos ladrões, que por volta das 23 horas quando ele teria saído para guardar a camionete na garagem foi cercado por dois bandidos, sendo que o terceiro ficou dentro do Fiat Uno, de cor preta. A esposa do comerciante contou que antes de fugir, o comparsa que estava no Uno ainda ficou encarando ela.

 

O comerciante ainda contou que a todo momento foi ameaçado com um revólver pelos ladrões, que o amarraram e colocaram um capuz na sua cabeça. Os autores ainda teriam pedido dinheiro para a vítima já que a camionete estava sem combustível suficiente.

 

A vítima, então, foi levada para um cativeiro na saída para Aquidauana onde disse ter escutado várias vozes dentro da casa. Ele teria ficado em poder dos bandidos por aproximadamente 4 horas, sendo abandonado no Jardim Imá.

 

Ele conseguiu se desamarrar e ir embora para casa a pé, e depois procurar a delegacia. O caso agora vai ser investigado pela Defurv. A camionete ainda não foi localizada.

 

Mais notícias