Jovem tem casa e moto incendiadas e suspeita de ex-namorado que não aceitava término

Moradora perdeu tudo e espera respostas da polícia

Uma atendente de 30 anos espera há mais de um mês por respostas após perder a casa, moto e todos os móveis em um incêndio. A jovem suspeita que o ex-namorado, que não aceitava o fim do relacionamento, tenha cometido o crime. O rapaz chega a postar fotos em rede social, na frente a Casa da Mulher Brasileira, e afirma que “quem não deve, não teme”.

De acordo com as informações da vítima, ela teve um relacionamento de nove meses com o rapaz. “Já tinha terminado há uma semana, quando sai de casa no dia 26 de outubro para ir numa tabacaria”, conta. Já no local, ela teria recebido uma ligação da mãe, que informava que a casa dela estaria em chamas.

Ao chegar na casa, no bairro Pioneiros, em Campo Grande, ela encontrou o Corpo de Bombeiros controlando as chamas. “Já tinha destruído tudo, até minha moto, meus móveis”, lembra. Após isso, a mulher foi informada que o ex-namorado havia sido socorrido pelos bombeiros, com queimaduras.

A atendente registrou boletim de ocorrência. “O cadeado da minha casa estava aberto e ele entrou”, diz. Ainda, conforme a vítima, o rapaz não aceitava o fim do relacionamento. “Uma vez que terminei ele começou a se esfaquear dentro da minha casa”, conta.

A mulher afirma que quer Justiça e uma resposta da polícia. “Ninguém me fala nada, estou sem teto, perdi todos meus bens, só quero uma resposta”.

Jovem tem casa e moto incendiadas e suspeita de ex-namorado que não aceitava término
Mais notícias