Jovem baleado pelo próprio pai em área nobre da Capital deixa hospital

Recusou tratamento médico

O jovem de 28 anos que foi baleado pelo pai, recusou tratamento médico e deixou o hospital na manhã deste domingo (23), conforme informou a assessoria de imprensa da Santa Casa. Ele foi atingido com um tiro no tórax.

Conforme informações da assessoria de imprensa da Santa Casa, o rapaz saiu do hospital por volta das 10h deste domingo e não aguardou tratamento médico. Equipe do Midiamax esteve com a vítima no final da manhã, ele passa bem, mas ainda está muito assustado com toda a situação.

Ele contou que teria ido até o local para cobrar uma dívida de aluguel, quando acabou sofrendo o atentado pelo próprio pai. Em data anterior, a vítima já havia registrado boletim de ocorrência contra o autor por ameaça.

No dia 11 de junho, o jovem procurou a delegacia, onde relatou que tinha uma relação conturbada com o pai e que o mesmo o teria ameaçado por telefone dizendo: “Se você aparecer aqui vou te encher de bala”. O imóvel em questão, conforme consta no registro policial, pertence aos dois.

Ainda conforme informações do boletim de ocorrência, o jovem foi expulso da casa pelo seu pai e desde então não podia mais ficar lá e estaria desabrigado. Ele relata ainda no boletim de ocorrência, que o pai possuía arma de fogo e, inclusive, andava armado.

Caso

Estudante de arquitetura de 28 anos, foi atingido com tiro no tórax pelo próprio pai em uma residência na região central de Campo Grande, na Rua das Garças.

Dívida de R$ 2 milhões, falsa internação em um hospital psiquiátrico e recentes discussões familiares foram os motivos para um pai de 55 anos atirar contra o próprio filho.

Segundo pessoas próximas à vítima, toda o imbróglio teria começado quando o pai do jovem criou uma falsa internação para conseguir “ganhar tempo” para que fosse realizado o pagamento da dívida que estaria no nome do filho, mas por conta da pressão colocada pelo rapaz, o laudo forjado foi uma das saídas encontradas pelo suspeito.

A dívida de R$ 2 milhões teria sido contraída pelo pai por vários empréstimos e envolvimentos com bancos. Como o alto valor estaria “atrapalhando” a vida do rapaz, ele decidiu pressionar o pai para que fosse resolvida toda a situação.

Mais notícias