Publicidade

Irmãos pegam 28 anos de prisão por duplo homicídio em briga de bar

Os irmãos Paulo Rogério da Silva de 32 anos e João Pedro Mercado de 24, foram condenados a 28 anos de prisão pela morte dos também irmãos, Wilson Ribeiro de 49 anos e Johny Ribeiro Salas de 46 anos, ocorrida em março de 2018 em Corumbá, cidade a 426 quilômetros de Campo Grande.

Os dois foram condenados em Júri Popular realizado nesta quarta-feira (08). Paulo foi condenado a 19 anos e João Pedro a 9 anos de prisão.

O duplo homicídio aconteceu após uma discussão em uma saltenharia onde as vítimas trabalhavam, localizada na rua 21 de Setembro. A saltenharia é de propriedade da família das vítimas.

Na época do crime, a polícia relatou que a briga teria ocorrido depois que a dupla se negou a pagar a conta e ainda teriam desferido um tapa no rosto da mãe de Johny e Wilson. Outra versão apresentada indica que uma “brincadeira” com troco, teria motivado a discussão, publicou o site Folha MS.

Após a discussão, Paulo e João então foram para casa onde pegaram uma arma de fogo. Os dois retornaram à lanchonete, onde fizeram ameaças e foram embora. As vítimas, também armadas, seguiram a dupla em um carro Onix e um confronto ocorreu em frente a uma escola no Bairro Nova Corumbá.

Wilson teria desferido golpes de faca em Paulo Rogério, que conseguiu tomar a faca das mãos de Wilson e o golpeou várias vezes. Já João Pedro e Johny, trocaram tiros e ambos foram atingidos.

em um certo momento, João Pedro tirou Johny de dentro do carro, assumiu o volante e passou com o veículo sobre Johny. Johny e Wilson morreram no local. Os irmãos foram presos momentos após o fato e permaneceram sob custódia policial na Santa Casa de Corumbá.

Mais notícias