Além de ‘Macumba’, ataques de pistoleiros matam mais um e ferem 2 em Dourados

Em menos de meia hora, duas pessoas morreram em locais distintos na cidade

Foi identificado como Alan Luiz Rodrigues, de 23 anos, a segunda vítima dos assassinatos que ocorreram no início da noite desta terça-feira (15) em Dourados, distante a 225 quilômetros de Campo Grande. O crime aconteceu no bairro Jardim Pantanal, na periferia do município.

De acordo com as informações, dois homens em uma motocicleta teriam se aproximado da casa de Alan e aberto fogo e contra o imóvel.

Alan Ruiz foi atingido por pelo menos quinze tiros e morreu na hora, enquanto Ailton Cristaldo Antunes, 21 anos que também estava na residência, foi atingido por um dos tiros nas costas e está em estado grave após ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital da Vida.

A terceira vítima, uma adolescente, também foi atingida estilhaços e está fora de perigo, de acordo com o site MS em Foco.

A Polícia Civil esteve no local para apurar os fatos e iniciar as investigações que motivaram o assassinato. O corpo de Alam Luiz será encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Dourados, onde passará por exames de necropsia e em seguida liberado para sepultamento.

A Polícia Militar faz rondas pelos locais do crime e regiões próximas para identificar os criminosos e prendê-los. Ainda não há uma linha de investigação e nem se os crimes cometidos tem relação.

Primeira morte

Ainda na noite desta segunda, um homem de 43 anos identificado como Reinaldo Benitez Ortiz, o “Macumba” foi morto em uma conveniência no Jardim Guanabara, também em Dourados. De acordo com as informações, ele foi assassinado por vários tiros de pistola.

O comerciante estaria na conveniência localizada na rua Fernando Luiz Viegas, quando o assassino chegou e disparou diversas vezes contra o homem, que ainda tentou se esconder dentro do estabelecimento, mas não conseguiu. O socorro foi acionado, porém, quando chegou ao local a vítima já estava morta.

(Matéria atualizada às 21h52 para acréscimo de informações)

Mais notícias