Homem tem olho furado após se negar a fazer sexo com suspeito

Ainda sofreu uma segunda tentativa de homicídio

Na noite de quarta-feira (20), homem de 44 anos procurou a polícia de Dourados, a 225 quilômetros da Capital, após sofrer a segunda tentativa de homicídio cometida pela mesma pessoa. Na primeira vez, em outubro, a vítima chegou a ter o olho esquerdo furado após ser agredida com coronhadas.

Segundo relato do homem à polícia, no dia 28 de outubro ele estava dormindo quando ouviu barulho da porta e foi surpreendido pelo suspeito, que portava um revólver. O agressor deu coronhadas na vítima, que chegou a ter o olho esquerdo perfurado. Ele ainda teria dito “isso é para você aprender, falei para você não contar que estive aqui, você está me difamando”.

A vítima chegou a ficar 18 dias internada em Campo Grande por conta das agressões e recebeu alta, voltando para Dourados. Na madrugada de quarta-feira, voltava para o ponto de ônibus quando foi perseguido por um carro branco. O suspeito desceu do veículo com arma em punho e disse “Achou que eu ia esquecer de você, agora eu te mato”.

A vítima ainda contou que ouviu três disparos, mas se escondeu em um tambor de lixo. Segundo relato do homem, o suspeito já invadiu a casa dele umas três vezes, pedindo para ele fazer sexo, mas ele negava. O caso é tratado como lesão corporal de natureza grave e homicídio simples na forma tentada.

Mais notícias