Tarado é preso após perseguir e mostrar partes íntimas para mulher

Já tem passagens por ato libidinoso

Um homem de 31 anos foi preso em flagrante por importunação sexual nesta segunda-feira (5) em Naviraí, cidade distante 359 quilômetros de Campo Grande. Ele é acusado de perseguir uma mulher que voltava do trabalho e depois se masturbar na frente dela. A prisão foi feita por policiais da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher).

Conforme informações da polícia, nesta manhã a mulher seguia para o trabalho, quando percebeu que estava sendo seguida por um Fiat Uno, cor preta, dirigido por um homem. Ao perceber que foi visto pela vítima, o motorista parou o carro e esperou ela passar. Em seguida ficou dando volta nos quarteirões e parando o carro na frente da vítima.

Intrigada com a situação, quando pela última vez o homem passou pela mulher e parou o carro, ela bateu no vidro e perguntou o que ele queria, momento em que percebeu que o acusado estava com o pênis para fora das calças e se masturbando. Ao ser indagado, o homem disse para a vítima ficar quieta e a ameaçou dizendo que sabia onde ela morava, trabalhava e estudava e o trajeto que faz todos os dias para esses locais.

A mulher procurou a delegacia de polícia e após diligências, o suspeito foi encontrado dentro do carro que estava estacionado próximo ao trabalho da vítima.

Para a polícia, o acusado disse que não controla seus desejos sexuais e sempre que vê uma mulher bonita na rua, se masturba. Ele foi preso e autuado em flagrante por importunação sexual e ameaça, sem direito à fiança. O acusado tem outras duas passagens policiais por ato obsceno, que foram registradas em 2011 e 2017.

Tarado é preso após perseguir e mostrar partes íntimas para mulher
Mais notícias