Polícia investiga se frio causou morte de homem que desapareceu ao visitar parentes

Suspeita de que tenha morrido por conta do frio

Na manhã deste domingo (7), Narciso Espíndola, de 59 anos, foi encontrado morto em Dourados, município distante 225 quilômetros da Capital. Ele era morador na Aldeia Bororó, que fica na reserva indígena da cidade.

Primeiras informações dão conta que Narciso tinha saído de casa para visitar alguns parentes e não voltou. Pessoas que passavam pela rua encontraram o homem caído nesta manhã, acionaram o socorro mas foi constatada a morte.

Equipes da Polícia Civil foram até o local e a suspeita é de que tenha sido uma morte natural, já que não havia sinais de violência segundo o site Dourados Agora. O frio intenso pode também ter sido causa da morte do homem, que teria acontecido durante a madrugada.

O caso será investigado e é tratado como morte a esclarecer. O corpo da vítima foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal).

Mais notícias