Guarda municipal lotado na fronteira é preso com 35 quilos de cocaína

Corporação vai abrir procedimento para apurar conduta do servidor

Guarda civil municipal de 38 anos, lotado em Ponta Porã foi, preso nesta quinta-feira (14), por volta das 21 horas, transportando 35 quilos de cocaína em um automóvel Ford Fiesta. A prisão foi realizada em ação conjunta entre a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a Polícia Federal de Três lagoas, na BR-497, em Paranaíba.

Conforme apurado, o homem declarou que recebeu o veículo já com a droga em Dourados e o levaria até Iturama (MG), e que receberia R$ 15 mil reais pelo serviço. Marcelino Nunes de Oliveira, secretário municipal de segurança pública em Ponta Porã, disse ao Midiamax que foi informado sobre a prisão do servidor na tarde desta sexta-feira (15), por meio de documentos encaminhados pelas forças policiais envolvidas na ação.

No entanto, garantiu que atitude do guarda não será tolerada e que prontamente ele será suspenso. “Na segunda-feira vamos pedir abertura de processo administrativo. Com estes documentos que recebemos, vamos abrir também processo disciplinar. Vamos agir com rigor e não vamos tolerar este tipo de conduta de quem deveria zelar pela segurança”, disse.

O secretário disse ainda que, obviamente o guarda terá direito de se defender e alegou que era um servidor acima de qualquer suspeita. “Era guarda operacional de rua. Pelas informações, ele já vinha sendo investigado, mas no trabalho com a gente era acima de qualquer suspeita. Era concursado da Prefeitura há muitos anos”, ponderou Marcelino.

Mais notícias