Grupo furta 20 cadeiras, som, carnes e ferramenta de chácara e 2 são presos

A Polícia Militar prendeu nesta quinta-feira dois homens, de 27 e 24 anos, envolvidos com o furto de diversos objetos em uma chácara localizada na região do Jardim Noroeste, em Campo Grande. Alguns dos objetos já haviam sido até mesmo comercializados pelos envolvidos.

Segundo boletim de ocorrência, a vítima, um homem de 42 anos, informou que na quarta-feira furtaram 20 cadeiras de plástico, um violão, um amplificador de som e algumas facas da chácara. Durante deslocamento, os policiais foram informados que o local havia sido invadido novamente nesta quinta.

O proprietário informou que foram subtraídos carnes, furadeira, caixa de som e outros pertences. No entanto, testemunhas flagraram a ação e conseguiram identificar um dos suspeitos. Em buscas pela região, os policiais o encontraram na Rua Barbacena, perto da Rua Perdizes.

Questionado, ele admitiu ter cometido o furto no dia anterior com o comparsa e que voltaram ao local para outro crime, ocasião em que foram flagrados deixando o local com os objetos em uma carriola. A partir da prisão do primeiro suspeito, os policiais chegaram ao outro envolvido na Rua Adventor de Almeida.

Este, por sua vez, informou que havia vendido as cadeiras para uma mulher moradora na Rua da Conquista, por R$ 20. A mulher foi localizada e entregou os produtos aos policiais. O violão havia sido vendido para outra mulher, moradora na Rua Ferreira Viana, por R$ 40. 

O instrumento musical também foi recuperado, assim como outros pertences que estavam com os suspeito. A dupla foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil e vai responder por furto. As pessoas que compraram os objetos não foram presas, mas vão responder por receptação.

Mais notícias