“Foi uma burrice”: preso por matar ex a tiros confessa crime

Homem foi transferido para presídio e deve ser encaminhado para Três Lagoas

Carlos Roberto Felipe, de 59 anos, preso por matar a ex-namorada Ângela Maria Jorge, de 62 anos, em Três lagoas, foi transferido para o presídio. Ela estava recolhido na Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Campo Grande, onde prestou depoimento e confessou o crime.

De acordo com a delegada Fernanda Fernanda Félix Carvalho Mendes, o autor relatou os fatos informalmente e considerou “uma burrice” o que fez. O crime aconteceu na noite de sexta-feira (29), por volta de 23h40, na Rua Generoso Siqueira, em frente a um hotel de Três Lagoas. Uma testemunha contou que a vítima pediu para levá-la para casa, momento que Carlos teria dito que levaria Ângela.

Ela teria se recusado a ir, quando Carlos sacou a arma de fogo e disparou duas vezes no peito da mulher. Em seguida, ele atirou contra a própria cabeça. No boletim de ocorrência consta a informação que Carlos era ex-namorado da diretora e a encontrou no baile, dançando com outra pessoa. Ele teria ficado com ciúmes, abordado a mulher, mas ela saiu da festa e foi seguida.

Os filhos de Ângela e Carlos presenciaram o crime e a vítima morreu no local. A perícia foi acionada e apreendeu o revólver Taurus calibre 32, que estava municiado com cinco cartuchos, sendo três deflagrados e dois intactos.

No carro de Carlos, que estava aberto e com a chave na ignição, a polícia encontrou uma carteira com os documentos pessoais, R$ 306,00 e um bilhete escrito por ele, com a confissão do crime. No bilhete estava escrito: “foi pela pessoa que tanto amo, mas não foi correspondido por isso que eu vou, mas ela vai junto”.

Carlos foi socorrido, encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande, onde ficou internado sob escolta policial. Segundo a assessoria do hospital, ele recebeu alta às 23h40 de segunda-feira. Agora, será encaminhado para Três Lagoas, para ser ouvido formalmente pela autoridade policial responsável pelo inquérito.

“Foi uma burrice”: preso por matar ex a tiros confessa crime
Mais notícias