Flagrada em carro roubado, mulher é presa pela quinta vez em 4 meses

Ela já havia sido detida com drogas dentro de um ônibus

Mulher de 29 anos que responde em liberdade pelo crime de receptação de veículos foi presa pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) nesta terça-feira (05), envolvida com transporte de veículo roubado. Esta já é a quinta vez que ela é presa em Mato Grosso do Sul pelo mesmo motivo, no período de quatro meses. Em uma das ocorrências, chegou a ser flagrada com droga.

Segundo nota, nesta madrugada, na rodovia BR-262, em Miranda, a 203 quilômetros de Campo Grande, os policiais avistaram uma caminhonete Hilux com placas de Corumbá. Ao notar a presença da fiscalização na via, os ocupantes do veículo fugiram no sentido oposto, dando início a uma perseguição. Após um quilômetro, o motorista perdeu controle e bateu em um barranco.

Ele fugiu a pé e não foi localizado em primeiro momento. O passageiro da caminhonete foi detido e encaminhado à base da PRF. Ele afirmou que havia se envolvido em um acidente e pedido carona. Os policiais constaram que ele não tinha envolvimento com o motorista e foi liberado.

Mais tarde, os policiais voltaram onde a caminhonete havia atingido o barranco e localizaram o motorista. Ele afirmou que receberia R$ 1.500 para levar a Hilux de Maringá (PR) a Corumbá. A caminhonete havia sido roubada em Jaguapitã (PR). Em outro trecho, outra equipe da PRF abordou um Jeep Renegade.

O motorista, de 24 anos, apresentou contradições acerca do motivo da viagem. No veículo estava uma passageira, de 29 anos, que já responde por receptação. Ela confessou que todos estavam envolvidos no transporte da Hilux até Corumbá. Esta é a quinta vez que a mulher é presa pela PRF neste ano. Os presos e os veículos foram encaminhados à Polícia Judiciária local.

Ocorrências

No dia 3 de julho, a mulher foi presa em Terenos, na BR-262. Na ocasião, a suspeita foi abordada dirigindo uma Ford Ranger roubada, em direção à Corumbá. No dia 24 de julho, em Miranda, a mulher estava em um ônibus de viagem com destino a Campo Grande. Na mala dela, os policiais encontraram 1 quilo de cocaína. Nesta ocorrência, a equipe descobriu que no dia 22 ela havia sido parada com uma Hyundai Santa Fé, sem irregularidades naquela data, porém, em nova consulta foi constatado boletim de roubo em Curitiba (PR). A mulher disse que havia deixado o veículo em Corumbá.

Em Miranda, no dia 19 de setembro, na BR-262, após receber ordem de parada em uma caminhonete Toyota Hilux, a suspeita tentou fugir, dirigindo por 20 quilômetros. Após abandonar o automóvel e tentar seguir a pé, ela foi detida. A Hilux tinha registro de roubo. 

Por fim, em 3 de outubro, ela foi abordada em Água Clara, na BR-262. A mulher dirigia uma Toyota Hilux. Ao parar o veículo, ela confessou a origem ilícita do veículo. A caminhonete havia sido roubada há três dias em Itapira (SP). 

Mais notícias