Execução de comerciante em Dourados foi ‘comemorada’ com tiros

Polícia encontrou cápsulas de pistola 9mm

A execução de um comerciante de Dourados – cidade distante 226 km de Campo Grande, teria sido ‘comemorada’ com tiros em um bairro da cidade, conforme testemunha. Na região onde foram ouvidos disparos, a polícia encontrou cápsulas de pistola 9mm.

Os policiais civis se deslocaram na tarde desta quarta-feira (17) até a rua Alfenas, no bairro Estrela Vera, após receberem denúncia de morador da região que ouviu disparos de arma de fogo no local durante a noite de segunda-feira (15). A ação, conforme relatado pela pessoa, seria em ‘comemoração’ a morte do comerciante Reinaldo Benitez Ortiz, 43 anos, conhecido como ‘Macumbinha’.

O Dourados News informou que após os disparos, ele foi ao local na manhã de terça-feira e observou a existência de seis cápsulas calibre 9mm espalhadas pela rua. Os policiais recolheram as cápsulas e perceberam que a residência estava desocupada.

Reinaldo Benitez foi executado no final da tarde de segunda-feira (15). Ele estava no estabelecimento quando pistoleiros chegaram e efetuaram vários disparos de pistola 9mm. Conforme a perícia, foram constatadas várias perfurações pelo corpo da vítima. No local, a polícia apreendeu sete cápsulas.

No mesmo dia, minutos depois do primeiro crime, pistoleiros mataram Alam Luiz Rodrigues. O assassinato ocorreu no cruzamento das ruas Joaquim de Barros e João Vicente Ferreira, no Jardim Pantanal. A polícia investiga os casos e não descarta ligação nos dois crimes.

Mais notícias