Ex-sócia de vistoriadora é alvo de mandado em MS por suspeita de fraudes em Detran

Mulher teve documentos apreendidos em operação nacional

Uma mulher de 50 anos, ex-sócia de uma vistoriadora de Goiás, foi alvo de busca e apreensão de documentos em Campo Grande nesta quinta-feira (7) durante a Operação Cegueira Deliberada, deflagrada pela Polícia Civil e a Secretaria de Segurança Pública de Goiás para apurar desvios de recursos públicos e corrupção no Detran daquele Estado.

Em Mato Grosso do Sul, as equipes do Geccor (Grupo Especial de Combate à Corrupção) tiveram apoio da Deco (Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado).

De acordo com a delegada Ana Cláudia Medina, foram recolhidos documentos, celulares e aparelhos de informática na casa da mulher, que mora na região do Tiradentes. Somente este mandado foi cumprido no Estado.

A mulher moraria já há algum tempo em Campo Grande, mas é investigada por ser suspeita de participar da rede de corrupção envolvendo o Departamento Estadual de Trânsito de Goiás.

A operação conta com quase 200 policiais civis e criminais e cumpre mandados também em Goiás, São Paulo, Distrito Federal.

Mais notícias