Ex-policial pistoleiro acusado de matar colega é preso na fronteira

Homem também é acusado de outros quatro assassinatos

Ex-policial no Paraguai, Hector Luis Perez Fernandez, 44 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (22) escondido em uma chácara na linha internacional, entre o município sul-mato-grossense de Coronel Sapucaia e Capitán Bado, cidade paraguaia. As buscas em Mato Grosso do Sul foram comandadas pelo delegado Mikail Faria, de Ponta Porã.

Foto: Divulgação Polícia Civil.

Conforme o delegado, policiais de MS agiram em ação conjunta com a Polícia Nacional paraguaia. Durante as buscas, Hector foi localizado armado, em uma propriedade rural, distante cerca de 400 quilômetros de Campo Grande. “Ele estava com duas pistolas e não esboçou reação”, comentou o delegado. Havia outras pessoas na chácara, mas conforme a polícia, não teriam envolvimento com o caso.

Hector Luis – que já fez parte da Polícia Nacional – é acusado de matar um policial paraguaio e além desse homicídio, também pesa contra ele acusação de outros quatro assassinatos. O paraguaio teria uma extensa ficha criminal pela prática de pistolagem no país vizinho. Mikail informou que Hector foi encaminhado para Concepción (PY).

Mais notícias