Estudante e testemunhas são intimados sobre morte de advogada na Afonso Pena

Carolina Albuquerque Machado morreu em acidente de trânsito em 2017

O juiz Roberto Pereira Filho, da 1ª Vara Criminal, definiu as datas das audiências de instrução e julgamento do estudante de medicina João Pedro da Silva Miranda Jorge, réu pela morte da advogada Carolina Albuquerque Machado, durante acidente de trânsito ocorrido no dia 2 de novembro de 2017, na Avenida Afonso Pena, nas imediações do Shopping Campo Grande.

O réu e testemunhas já foram intimados. A primeira audiência havia sido marcada para o dia 29 de julho, às 13h30, mas foi antecipada para o dia 26 do mesmo mês, também às 13h30. A segunda audiência foi marcada para o dia 12 de agosto, às 13h30. Ambas acontecem na sala de audiências localizada no Fórum da Capital, na Rua da Paz. O réu responde em liberdade.

Conforme já noticiado, a vítima voltava para a casa de madrugada com o filho pequeno, quando foi atingida pela caminhonete do estudante na Avenida Afonso Pena, que trafegava a 115 Km/h. A vítima, de acordo com a perícia, conduzia seu veículo a 30 Km/h. A advogada não resistiu ao impacto, mas o filho dela escapou sem ferimentos graves.

Estudante e testemunhas são intimados sobre morte de advogada na Afonso Pena
Mais notícias