Em Três Lagoas, cliente é assediada por leiturista de água: ‘quer experimentar o baiano?’

Homem começou a fazer perguntas indecentes para a moradora

Uma mulher de 40 anos procurou a delegacia da cidade de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, depois de ser assediada por um funcionário que fazia a leitura da água na sua residência, na última quarta-feira (27), mas o caso só foi noticiado nesta sexta-feira (29).

Na delegacia, ela contou que após o funcionário fazer a leitura de sua casa ele pediu um copo de água, momento em que foi até a cozinha acompanhando a moradora. Ele passou a fazer perguntas inapropriadas a vítima, “seu marido é gente boa, né? Já traiu seu marido?”, logo em seguida o autor teria perguntado a mulher, “quer experimentar o baiano?’.

Constrangida, a moradora saiu da residência e disse que seu filho estava dormindo no quarto, momento em que o autor teria dito, “já que a senhora não quer provar o baiano, eu vou embora”. O caso foi registrado na 3º Delegacia de Polícia Civil, segundo o site Hoje Mais.

Mais notícias