Em tolerância zero contra o tráfico, mulher que abastecia Vila Nasser e mais 3 são presos

Policiais apreenderam R$ 10,5 mil em dinheiro e 1,6 tonelada de droga durante operação

Em operação contra o tráfico de drogas, policiais prenderam nesta quinta-feira (19) Mariluce Valentim da Silva, 30 anos, que abastecia bocas de fumo na região da Vila Nasser, em Campo Grande. Ela e outros três homens foram presos durante a operação ‘Tolerância Zero’, desencadeada pela Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) com apoio da Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos) e o Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros).

A ação começou na segunda-feira (16), quando os policiais da Denar e 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã, descobriram um depósito abandonado de cereais, com mais de uma tonelada de maconha. Pai e filho foram presos na cidade que faz fronteira com o Paraguai.

Mariluce já tinha passagem por tráfico de drogas e foi presa na Vila Nasser com R$ 3,6 mil em dinheiro, uma pistola 380 com 27 munições, além de quatro balanças de precisão, oito porções de cocaína e pasta base de cocaína, que juntas somaram 2,370 quilos. “Além da casa onde ela estava, Mariluce também usava outro imóvel para esconder o entorpecente. Ela atuava como um paiol das drogas na região, abastecendo pequenos traficantes”, explicou o delegado Gustavo Ferraris. A droga encontrada na casa da mulher daria para produzir 13 mil porções.

Pablo Gabriel, Gustavo e Hoffman (Foto: Leonardo de França)

Além de Mariluce, a polícia prendeu Helton Cristaldo Galeano, 35 anos, no bairro Aquarius. Ele foi flagrado com três trouxinhas de pasta base de cocaína, duas balanças de precisão e R$ 922 em dinheiro. Helton não tinha passagens pela polícia.

Paulo César da Silva, 48 anos, cumpriu pena de 20 anos por tráfico e foi preso novamente durante a operação na Vila Marli. Ele estava com três balanças de precisão R$ 2,4 mil em dinheiro, além de 1,6 quilos de cocaína e 36 paradinhas. Paulo lucraria cerca de R$ 40 mil, já que vendia a R$ 200 cada dez gramas da droga.

Na quarta-feira (18), Luiz Felipe Maciel Almeira de Oliveira, 19 anos, foi flagrado traficando drogas na Vila Palmira, na Capital. Com ele foram encontrados oito papelotes de pasta base e R$ 24. Outro rapaz de 19 anos foi conduzido para a delegacia ao ser flagrado pela polícia com R$ 4,1 mil em dinheiro e um pedaço de maconha. Ele alegou que seria para consumo próprio, foi ouvido e liberado.

Ao todo, os policiais apreenderam R$ 10,5 mil, 4,3 quilos de cocaína, 1,7 tonelada de maconha, uma pistola 380 e 27 munições. Nove mandados de busca e apreensão também foram cumpridos pela Denar, Derf e Garras. “O nome da operação é o recado que vamos imprimir no combate ao tráfico de drogas e associação para o tráfico, levando sossego para a sociedade. A tolerância da Denar será zero”, informou o delegado Hoffman D’Ávila.

Além de Gustavo e Hoffman, o delegado Pablo Gabriel Farias da Silva, da Denar, todos os investigadores e escrivães da unidade participaram da Operação Tolerância Zero.

Mais notícias