Em operação, policiais fecham boca de fumo e prendem três pessoas

Boca da Nega e da Loira foram fechadas pela PM, durante Operação Ariranha

Drogas, celular, dinheiro e utensílios usados para preparação de droga, foram apreendidos. (Foto: PM/Divulgação)

Operação Ariranha, desencadeada pelas Polícias Civil e Militar em Corumbá e Ladário, prendeu três pessoas e fechou dois pontos de venda de droga, na manhã deste sábado (1º). Os policiais cumpriram mandados de busca e apreensão e prisão expedidos pela Justiça.

Na rua Totico de Medeiros, bairro Centro América, na “Boca da Negona”, os policiais encontraram dois sacos plásticos de droga; 14 papelotes de cocaína e outros 19 saquinhos contendo maconha, de acordo com informações do Diário Corumbaense.

Também foram apreendidos cerca de R$ 470, balança de precisão, saquinhos para o preparo da droga e dois aparelhos de TV sem comprovação de origem. Jonilson Correia da Silva estava na boca e foi preso. Ao perceber a presença dos policiais, ele tentou apagar todos os dados do telefone celular, mas foi impedido pelos militares.

Outro ponto conhecido como “Boca da Loira”, Claudia Elis Pereira, a “Loira” e o marido dela, Edison Miranda de Souza foram presos pela polícia. A boca de fumo funcionava na rua 21 de Setembro, esquina com a alameda Eliane Dobes, no bairro Popular Nova.

No local, foram encontrados porção de cocaína; R$ 513; três peneiras; sete celulares; uma lâmina de cheque assinada em branco e um caderno contendo a “contabilidade” da boca.

Cinco pessoas que estavam em um Fiat Palio vermelho foram abordadas pela equipe, em frente a casa. As pessoas relataram que foram à residência para consumir bebida alcoólica, confirmaram que o local é frequentado por prostitutas e usuários de drogas e que Loira e Edson são donos da boca. localizada na

O entorpecente, materiais e dinheiro apreendidos, além dos três indivíduos presos foram levados para a 1ª Delegacia de Polícia Civil.

Mais notícias