Em despedida, viúva de Juvêncio diz que legado é trabalho feito com amor às pessoas

Alguns políticos também estiveram no velório

O velório do ex-prefeito e ex-senador Juvêncio César da Fonseca acontece no cemitério Parque das Primaveras desde as 8 horas deste sábado (14), em Campo Grande. No local, já passaram alguns políticos, como os ex-governadores André Puccinelli e Marcelo Miranda Soares. Juvêncio faleceu aos 84 anos após dois meses internados, e para a esposa, o trabalho desenvolvido na Capital é o legado do casal.

Velório é realizado no Parque das Primaveras. (Foto: Marcos Ermínio)

A viúva Sueli Brandão lembra com carinho o trabalho de uma vida juntos, com 42 anos de casados. “Trabalhamos muito juntos e fica o trabalho que fizemos a vida inteira. Um trabalho sério, bonito, a gente fez se amando e amando as pessoas. Ele sempre foi uma pessoa de bom caráter”, disse.

Sueli conta que visitava o marido três vezes por dia no hospital e que tinha esperança de que ele iria se recuperar e voltar para casa. Juvêncio foi internado em outubro, quando teve uma apneia severa. Além da esposa, ele deixa dois filhos e quatro netos.

O ex-governador Marcelo Miranda Soares comenta que Juvêncio era um grande amigo. “Estou triste porque ele me ajudou muito e também foi um ótimo administrador da cidade”. O deputado Rinaldo Modesto disse que conheceu Juvêncio quando ainda era presidente de associação de moradores de bairro. “Tivemos muitas histórias juntos, tinha espírito de um homem público, foi um grande estadista”.

Mais notícias